Folcloristas do Brasil: Mário de Andrade, Arthur Ramos, Luís Cristóvão dos Santos, Luís da Câmara Cascudo, Gustavo Barroso, Saul Alves Martins

 
9781232550167: Folcloristas do Brasil: Mário de Andrade, Arthur Ramos, Luís Cristóvão dos Santos, Luís da Câmara Cascudo, Gustavo Barroso, Saul Alves Martins
From the Publisher:

Fonte: Wikipedia. Páginas: 28. Capítulos: Mário de Andrade, Arthur Ramos, Luís Cristóvão dos Santos, Luís da Câmara Cascudo, Gustavo Barroso, Saul Alves Martins, Cornélio Pires, José Américo de Almeida, Inezita Barroso, Ático Vilas-Boas da Mota, Hekel Tavares, Olimpio Bonald Neto, José Vieira Couto de Magalhães, Amadeu Amaral, Oneida Alvarenga, Hélio Serejo, Zilda Paim, Marco Haurélio, Manuel Camilo dos Santos, Hermes de Paula, Leonardo Mota, Alfredo de Carvalho, Bruno de Menezes, Raul Lody, Emilia Biancardi, Franklin Cascaes, Waldeloir Rego, Basílio de Magalhães, Celso de Magalhães, Estácio de Lima, Fernando São Paulo, Dilu Melo, Tião Rocha, Théo Brandão, Vicente Salles, Lacordaire Sant'Anna, Gonçalves Fernandes, Vicente Chermont de Miranda, Canuto da Costa Azevedo, Zé Dantas. Excerto: Mário Raul de Moraes Andrade (São Paulo, 9 de outubro de 1893 - São Paulo, 25 de fevereiro de 1945) foi um poeta, romancista, musicólogo, historiador e crítico de arte e fotógrafo brasileiro. Um dos fundadores do modernismo brasileiro, ele praticamente criou a poesia moderna brasileira com a publicação de seu livro Paulicéia Desvairada em 1922. Andrade exerceu uma influência enorme na literatura moderna brasileira e, como ensaísta e estudioso-foi um pioneiro do campo da etnomusicologia-sua influência transcendeu as fronteiras do Brasil. Andrade foi a figura central do movimento de vanguarda de São Paulo por vinte anos. Músico treinado e mais conhecido como poeta e romancista, Andrade esteve pessoalmente envolvido em praticamente todas as disciplinas que estiveram relacionadas com o modernismo em São Paulo, tornando-se o polímata nacional do Brasil. Suas fotografias e seus ensaios, que cobriam uma ampla variedade de assuntos, da história à literatura e à música, foram amplamente divulgados na imprensa da época. Andrade foi a força motriz por trás da Semana de Arte Moderna, evento ocorrido em 1922 que reformulou a literatura e as artes visuais no Brasil, tendo sido um dos integrant...

"Sobre este título" puede pertenecer a otra edición de este libro.

(Ningún ejemplar disponible)

Buscar:



Crear una petición

Si conoce el autor y el título del libro pero no lo encuentra en IberLibro, nosotros podemos buscarlo por usted e informarle por e-mail en cuanto el libro esté disponible en nuestras páginas web.

Crear una petición