Poesia: Ritmo no poema, Poesia concreta, Rima, Haikai, Verso aliterativo, Poesia fonética, Elegia, Métrica, Madrigal, Verso alexandrino

 
9781232536635: Poesia: Ritmo no poema, Poesia concreta, Rima, Haikai, Verso aliterativo, Poesia fonética, Elegia, Métrica, Madrigal, Verso alexandrino
From the Publisher:

Fonte: Wikipedia. Páginas: 38. Capítulos: Ritmo no poema, Poesia concreta, Rima, Haikai, Verso aliterativo, Poesia fonética, Elegia, Métrica, Madrigal, Verso alexandrino, Poeta maldito, Acróstico, Epitalâmio, Papiro Harris 500, Repentista, Versificação, Canção da cruzada, Pau-Brasil, Verso livre, Ditirambo, Amy Lowell Poetry Travelling Scholarship, Jogos Florais, Cancioneiro, Antologia de Humor Negro, Cantigas de escárnio e maldizer, Estrofe, Tanka, Improvisação, Poesia lírica, Prosa poética, Appendix vergiliana, Nothing Gold Can Stay, Monólogo dramático, Noigandres, Epigrama, La Pléiade, Poesia confessional, Haiga, Trova literária, Verso branco, Os Fungos de Yuggoth, Invenção, Dia Mundial da Poesia, Anapesto, Revista Cervantes, Licença poética, Baladas, Poesia biológica, Écloga, Prémio de poesia Fiz Vergara Vilariño, Rímur, Verso tradicional, Poesia de Cabo Verde e Sete Poemas de Sebastião da Gama, Quadriverso, Poesia dramática, Loa, Bucolismo, Zona Autônoma da Antártida, Dístico elegíaco, Idílio, Távola Redonda, Barcarola, L=A=N=G=U=A=G=E, Quintilha, Waka, Redondilha, Peleja, Abhang, Terceto, Poemas de Melanter, Tautograma, Poesia oral improvisada, Rima leonina, Exotismo. Excerto: O Ritmo apresenta-se de forma diferente no poema e na música, embora as duas artes apresentem afinidades e um tal parentesco histórico que chega-se a classificar um determinado gênero de poesia como lírico. A música se rege pelo compasso, que é dividido em tempos.O ritmo é representado, na pauta musical, pelas figuras (notas musicais e pausas). No poema, há a figura da métrica que não é, como na música, uma regência implacável sobre o ritmo. É o ritmo que dá beleza à música, na visão de muitos músicos, bem como ao poema, na visão de muitos poetas, como o simbolista francês Paul Verlaine, que em versos famosos diz: "Antes de tudo, música". Naturalmente, Verlaine se refere ao ritmo no poema, além dos efeitos sonoros que se pode atingir através do uso de vogais e consoantes. Aliás, o ri...

"Sobre este título" puede pertenecer a otra edición de este libro.

(Ningún ejemplar disponible)

Buscar:



Crear una petición

Si conoce el autor y el título del libro pero no lo encuentra en IberLibro, nosotros podemos buscarlo por usted e informarle por e-mail en cuanto el libro esté disponible en nuestras páginas web.

Crear una petición