Comportamento sexual: Masturbação, Perversão, Pornografia infantil, Sexo não penetrativo, Prostituição, Sodomia, Virgindade

0 valoración promedio
( 0 valoraciones por GoodReads )
 
9781231450505: Comportamento sexual: Masturbação, Perversão, Pornografia infantil, Sexo não penetrativo, Prostituição, Sodomia, Virgindade
From the Publisher:

Fonte: Wikipedia. Páginas: 32. Capítulos: Masturbação, Perversão, Pornografia infantil, Sexo não penetrativo, Prostituição, Sodomia, Virgindade, Comportamento sexual humano, Pompoarismo, Leilão de virgindade, Fetichismo, Motel, Adicção sexual, Frot, Castração, Gouinage, Enjo Kosai, Virgindade religiosa, Fornicação, Prostíbulo, Erotomania, Drive-in, Afrodisíaco, 69, Impulso sexual, Striptease, Sacerdotalis Caelibatus, Harém, Erotismo, Sedução, Pegação, Chupão, Repressão psicológica, Fantasia sexual, Falicismo, Disciplina. Excerto: A masturbação é o acto da estimulação dos órgãos genitais, manualmente ou por meio de objectos, com o objectivo de obter prazer sexual, seguido ou não de orgasmo, sendo uma prática sexual não-penetrativa. Podendo ser autoaplicada, quando o que promove a estimulação é o mesmo que a recebe ou pode ser aplicada a uma pessoa diferente, quando o que promove a estimulação o promove em outro. O termo foi usado pela primeira vez pelo médico inglês e fundador da psicologia sexual, Dr. Havelock Ellis, em 1898. Foi formado pela junção de duas palavras latinas manus, que significa "mãos", e turbari, que significa "esfregar", com o significado de "esfregar com as mãos". A masturbação é observada em muitas espécies de mamíferos, especialmente nos grandes primatas. Na espécie humana, a masturbação é comum em ambos os sexos e em uma larga faixa etária, iniciando-se no início da puberdade, ou, segundo alguns, ainda durante a infância - mas sem a carga erótica nesta fase. O acto da masturbação é socialmente condenável em algumas culturas, embora não seja uma doença e nem cause doenças. Gravura em uma cratera grega retratando a masturbação de um sátiro, do século VI a.C. Cintos de prevenção contra o onanismo; imagem publicada em 1921. De Figuris Veneris, de Édouard-Henri Avril.Registros de que o Homo sapiens se masturbava são datados da era paleolítica há 10000 a.C., com inscrições feitas por homens primitivos mostrando figuras de masturbação solitária, c...

"Sobre este título" puede pertenecer a otra edición de este libro.

(Ningún ejemplar disponible)

Buscar:



Crear una petición

Si conoce el autor y el título del libro pero no lo encuentra en IberLibro, nosotros podemos buscarlo por usted e informarle por e-mail en cuanto el libro esté disponible en nuestras páginas web.

Crear una petición